Facebook

Twitter

Google+

Pinterest

WhatsApp

NAQUELE POSTO DE SAÚDE HAVIA UMA MÉDICA QUE COMEÇOU A SE CHOCAR COM UM PACIENTE , O DESPREZANDO E JOGANDO FORA SUAS CARTAS DE CARINHO QUE ERA SEM MALDADE

ELE SÓ QUERIA APOIO PARA SEGUIR E VIVER A SUA CRUZ; PARA O DESMONTAR DE VEZ SE ENVOLVEU NUM CASO DE AMOR COM SEU PAI PARA VIVER PUTARIA COMO GOSTAVA, O PACIENTE SE SENTIA TRISTE, DESAPONTADO E CONTINUAVA A SER PISADO.

ERA UM BOBO, ELA O DESVALORIZANDO, ELE COMEÇOU A CONSEGUIR ALGUNS RESULTADOS E TODA NOITE PEDIA A DEUS PARA PERDOAR AQUELA DOUTORA

ELE DERRAMAVA ROSAS E APESAR DE SOFRER POUCO CASO DECIDIU PROCURAR UM NOVO POSTO, ACEITO COM CARINHO POR OUTRO POSTO ENCONTROU UM ATENDIMENTO DE BONDADE, O QUE O MOTIVOU A INSISTIR COM SEUS SONHOS E ESCREVER FELICIDADE.


Posts mais recentes


Ei, pergunta rápida

Você quer compartilhar seus pensamentos, fotos e vídeos com centenas de milhares de pessoas por semana? Conte sua história!

Facebook

Twitter

Google+

Pinterest

WhatsApp

Artigo anteriorRÓTULO

Me chamo Marcos Luiz Mattos Penna, tenho 40 anos, sou paulistano e resido nessa mesma capital. Sou autor regular da Escola do Legado, compositor filiado ao Sicam. Eu adoro escrever versos e textos. Nesse derramar de buscas já consegui algumas publicações em revistas e jornais como a revista da Hora.

Print Friendly, PDF & Email