Muitos de nós passamos a vida pedindo aquele tempinho extra no final de um dia cansativo, no entanto ao nos concentrarmos em coisas simples que possamos fazer diariamente para equilibrar esse jogo da vida, tomamos a direção de nossos destinos. Alguma vez a falta de tempo deixou você irritado(a)? Acompanhe esse artigo e após a leitura, isso não vai mais acontecer. Eu garanto! Está pronto? Sempre? Então vamos em frente!

Quando passamos nossas vidas apenas sobrevivendo, a vida pode começar a parecer um pouco vazia e sem sentido. No entanto, isso é exatamente a quantidade de tempo que vivemos durante o dia: trabalhamos em média por oito horas ou mais por dia e depois chegamos em casa, sentindo cansado em um dia muito cansativo para fazer muito com o nosso pouco tempo que nos resta no final do dia. Então, só então nos sentamos e assistimos a TV.

O mesmo repete e assim se segue pelo resto da semana, e a maior emoção que temos é esperar por 30 dias de férias uma vez por ano. Isso é realmente viver?

Aqui estão quatro mudanças simples que podem tornar nossas vidas mais significativas: Vamos a elas? Então vai.

Conheça a arte de aprender ou saber reaprender

Aprender constantemente é uma ótima maneira de dar à vida mais sentido e de ampla maneira significado. Em última análise, uma das coisas que o cérebro mais ânsia é o constante crescimento.

Se não for desafiado a aprender e a crescer, então encolherá e então passamos a sobreviver em nossas vidas.

Faça o seu trabalho constante do aprendizado, aprenda novas habilidades. Isso pode ser relacionado à sua carreira, uma decisão ativa, ou porque não um novo idioma em sua lista?

Busque referencias em seus relacionamentos

Da mesma forma, os relacionamentos são uma das coisas que realmente precisamos para ser realmente felizes. Se você não tem relacionamentos significativos, então você não terá ninguém para compartilhar suas experiências, seus desafios e seus triunfos.
Uma relação verdadeiramente “significativa” vai além de amigos ou amigas que você nunca conheceu. Este é alguém com o qual você pode ter um relacionamento de anos e com uma longa história para contar.

Desafie-se, supere, seja você!

O que também é necessário para que nossa vida seja significativa é o desafio e, até certo ponto, o risco. Sério?

Você já esteve em uma situação em sua vida que era verdadeiramente algo como: vida ou morte? Ou talvez isso o colocasse em uma situação em que você estava perto de realizar algo realmente incrível? Uma oportunidade, um desejo, um sonho etc.

Estes são os momentos em que o nosso cérebro se concentra no que realmente interessa e se conecta com o mundo. Também são os momentos em que aprendemos e quando percebemos o valor do que temos agora. Ele coloca as coisas em perspectiva e cria histórias, recebemos idéias, pensamentos úteis, etc. Não se afaste das coisas que o testam diariamente!

Malas prontas? Porque a última e não menos importante é:

Aumente suas referencias

Chegamos ao quarto e último, entretanto, todos devemos procurar alguma referencia em nossas vidas e, conhecer novos povos em uma viagem tranquila, é o ponto em que está aquele algo faltando, sabe? No entanto isso não significa que você tenha que fazer as malas e ir para qualquer lugar, mas simplesmente ser capaz de experimentar novas referencias, conhecer novas pessoas de um outro pais, viagens são importantes para manter nossa mente aberta e para obtermos experiências positivas. Em caso de seu orçamento estiver no vermelho para experimentar coisas novas, então é aquele momento do desafio do medo ou decisão ativa, faça algo que você possa desfrutar um pouco mais próximo de sua casa, todos temos lugares que ainda não fomos, mesmo morando tão perto.

Curtiu esse conteúdo? Compartilhe sua experiencia nos comentários, logo abaixo, sua opinião, dúvidas, e sugestões ! ?

Atenciosamente

Alan Maiccon

 

Foto de Carly Rae Hobbins em Unsplash

Avalie esta postagem
Print Friendly, PDF & Email

Alan Maiccon nasceu em Campinas, São Paulo, em 26 de outubro de 1994. Começou sua carreira de escritor aos 22 anos. Freqüentou o Ensino José Maria Matosinho e serviu no exército brasileiro durante o período 2013 – 2014. Começando uma longa carreira no mundo empresarial, fundou a Escola do Legado, e publicou a primeira obra Mudança Sem Pressão. Em 2016, lançou o primeiro de uma série de panfletos sobre autoajuda e desenvolvimento pessoal, usando linguagens de comunicação reiteradas na Programação Neurolinguística (PNL) para ilustrar suas lições. Tais livros são distribuídos em grandes editoras, empresas como Clube de Autores e Amazon, e tornaram-se familiares a milhões de pessoas, o mais famoso sendo – o Poder do legado, do titulo ao conteúdo tornou-se um clássico moderno entre os livros de auto-ajuda.