Facebook

Twitter

Google+

Pinterest

WhatsApp

A CRUZ DAQUELE HOMEM ERA PIOR, ELE ERA CONDUZIDO POR ESPINHOS, ELE ERA FEITO DE BONECO E AINDA TINHA QUE SORRIR

CANSADO DISSO, ELE RESOLVEU MUDAR

BUSCOU SOIS, SOIS

ENTRE AQUELA CHUVA

E POUCO A POUCO CONSEGUIU DEIXAR O RÓTULO DE PALHAÇO

PARA SER VENCEDOR, CARREGAR A CRUZ, E SORRIR

ASSIM COLHEU AMOR, AMOR

E DESCOBRIU O SEU PRÓPRIO SER FELIZ


Posts mais recentes


Ei, pergunta rápida

Você quer compartilhar seus pensamentos, fotos e vídeos com centenas de milhares de pessoas por semana? Conte sua história!

Facebook

Twitter

Google+

Pinterest

WhatsApp

Artigo anteriorA BUSCA DE TODOS

Me chamo Marcos Luiz Mattos Penna, tenho 40 anos, sou paulistano e resido nessa mesma capital. Sou autor regular da Escola do Legado, compositor filiado ao Sicam. Eu adoro escrever versos e textos. Nesse derramar de buscas já consegui algumas publicações em revistas e jornais como a revista da Hora.

Print Friendly, PDF & Email